Direito, cultura e sociedade em tempos de fake news

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o fenômeno das fake news, notícias falsas produzidas e disseminadas através dos novos meios de comunicação digitais, capazes de influenciar as formas contemporâneas de percepção e ação social, produzindo tanto consequências políticas de largo alcance quanto econômicas. Investigaremos o contexto no qual surgem as fake news, destacando a relação existente entre a tecnocultura, a dinâmica social das democracias e as subjetividades. Por fim, abordaremos a maneira como algumas sociedades tem tentando responder aos prejuízos que as notícias falsas produzem, no esforço de regulamentar e qualificar as estruturas de comunicação, preservando integralmente as liberdades democráticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Seixas Themudo, CENTRO UNIVERSITÁRIO 7 DE SETEMBRO

Professor do Programa de Pós-Graduacão em Direito Privado e Relacões Socias-UNI7

Fernanda Carvalho de Almeida, UNI7 - CE

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2010). Especialista em Propaganda e Marketing pela UNI7 (2013). Mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (2016) Pesquisadora CAPES (2015-2016). Atuação nas Cadeiras de Psicologia Criminal (2017- FAECE e FAFOR), Psicologia do Desenvolvimento (2017- FAFOR), Doença Psicossomática ( Nacionalfisio - 2017-atual), Orientação TCC ( Nacionafisio - atual). Psicoterapeuta em Clínica Privada (2016- atual).

Referências

ALMEIDA, F. Autoexposição e Imagens: uma análise do fenômeno selfie na Sociedade de Consumo. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.

BBC NEWS. Germany starts enforcing hate speech law. BBC news, jan. 2018. Disponível em < https://www.bbc.com/news/technology-42510868>. Acesso em: 10 nov. 2018.

BELLONI, M. A formação da sociedade do espetáculo: gênese e atualidade do conceito. Revista Brasileira de Educação. [online], n. 22, 2003. Disponível em:

http://www. scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782003000100011&script=sci_abstract&tlng=pt/ >. Acesso em: 12 jul. 2015.

COLLINNS. Fake New. In: Collins Dictionairy. Disponível em <http://www.oxforddictionaries. com/definition/english/selfie>. Acesso em: 10 nov. 2018.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

DELMAZO, C.; VALENTE, J. Fake news nas redes socais online: propagação e reações à desinformação em busca de cliques. Revista Media & Jornalismo, n. 32, v. 18, p. 155-169, 2018.

DION, S. O “fait divers” como gênero narrativo. Revista Letras (UFSM), n. 34, p. 123-131, 2007.

DUARTE, C. Web 3.0: os benefícios e inconvenientes de uma Web Semântica orientada por máquinas. Medium, dez.2015. Disponível em < https://medium.com/@claudiocostaduarte/web-3-0-os-benef%C3%ADcios-e-inconvenientes-de-uma-web-sem%C3%A2ntica-orientada-por-m%C3%A1quinas-artigo-final-9565d9125407>. Acesso em: 20 nov. 2018.

FOLHA S. PAULO. A Dinamarca não será um país 100% orgânico em 2020. Folha de S. Paulo, set. 2018. Disponível em < https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2018/07/a-dinamarca-nao-sera-um-pais-100-organico-em-2020.shtml>. Acesso em: 10 nov. 2018.

FOLHA S. PAULO. 90% dos eleitores de Bolsonaro acreditaram em fake news, diz estudo. Folha S. Paulo, nov. 2018. Disponível em < https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/11/90-dos-eleitores-de-bolsonaro-acreditaram-em-fake-news-diz-estudo.shtml>. Acesso em: 10 nov. 2018.

GENTZKOW, Matthew; ALLCOTT, Hunt. Social media and fake news in the 2016 election. Journal of Economics Perspectives, vol. 31, n. 2, p. 211-236, 2017.

HUNT, E. What is fake news? How to spot it and what you can do to stop it. The Guardian, dec. 2016. Disponível em < https://www.theguardian.com/media/2016/dec/18/what-is-fake-news-pizzagate>. Acesso em: 10 nov. 2018.

INSTAGRAM. Post de Haddad sobre fake new. Disponível em: < https://www.instagram.com/p/Bpj-QWslI5W/>. Acesso em: 10 nov. 2018.

LAMPUR, K. Lei contra 'fake news' na Malásia condena primeira pessoa. Jornal O Globo, nov. 2018. Disponível em: < https://oglobo.globo.com/mundo/lei-contra-fake-news-na-malasia-condena-primeira-pessoa-22640073>. Acesso em: 10 nov. 2018.

LAVARDA, S., SANCHOTENE, C., SILVEIRA, A. Quando as notícias mais compartilhadas são falsas: a circulação de boatos durante a semana do Impeachment no Facebook. Revista Comunicação & Informação, n. 3, out/dez, p.99 -112, 2017.

LIPOVETSKY, Gilles. A tela-mundo. In: LIPOVETSKY, G.; SERROY, J. A tela global: mídias culturais e cinema na era hipermoderna. Porto Alegre: Sulina, 2009.

MATOS, O. Dialética na imobilidade da mens momentânea imobilidade do instante. In:

MCGONAGLE, Tarlach. “Fake news”: false fears or real concerns? Netherlands Quarterly of Human Rigths, vol. 35, p. 203-209, 2017.

NIGHTINGALE, S.; WADE, K. ; WATSON, D. Can people identify original and manipulated photos of real-world scenes? Cognitive Research, fev. 2017. Disponível em < https://cognitiveresearchjournal.springeropen.com/articles/10.1186/s41235-017-0067-2#Abs1>. Acesso em: 10 nov. 2018.

NOVAES, A. (org.). Mutações: o futuro não é mais o que era. São Paulo: SESC SP, 2013. p.103-132.

OLIVEIRA, L. Virtualidades Reais. In: NOVAES, A. (Org.). Muito além do espetáculo. São Paulo: Senas São Paulo, 2005.

PANGRAZIO. What’s new about ‘Fake news’? Critical digital literacies in an era of fake news, port-truth and clickbait. Revista Páginas de Educación, n. 1, p. 6-22, 2018.

RAMSY, Austin. China investigates Baidu after student´s death from cancer. The New York Times, may 3, 2016. Disponível em https://www.nytimes.com/2016/05/04/world/asia/china-baidu-investigation-student-cancer.html. Acessado em: 17 out. 218.

REPNIKOVA, Maria. China´s lessons for Fighting fake news: what washinton should – and shouldn´t – learn from Beijing´s example. Foreing Policy. Disponível em < https://foreignpolicy.com/2018/09/06/chinas-lessons-for-fighting-fake-news/>. Acesso em: 17 nov. 2018.

ROXO, M. ; MELO, S. Hiperjornalismo: uma visada sobre fake news a partir da autoridade jornalística. Revista Famecos, n. 3, v. 25, set/out/nov/dez, p.1-19, 2018.

SODRÉ, M.; PAIVA, R. Informação e boato na rede. In: SILVA, G. et al (org.). Jornalismo contemporâneo: figurações, impasses e perspectivas. Salvador: EDUFBA; Brasília: Compós, 2011.

SPECTRUM NEWS STAFF. Fake news Comes to Manhattan for a Pop-up Newsstand. Spectrum News NY1, out. 2018. Disponível em < http://www.ny1.com/nyc/all-boroughs/news/2018/10/30/the-columbia-journal-review-opens--fake-news--stand>. Acesso em: 10 nov. 2018.

SILVERMAN, C. This Analysis Shows How Fake Election News Stories Outperformed Real News On Facebook. Buzzfeed News, nov. 2016 .Disponível em https://www.buzzfeed.com/ craigsilverman/viral-fake-election-news-outperformed-real-news-on-facebook>. Acesso em: 10 nov. 2018.

SODRÉ, Muniz. Eticidade, campo comunicacional e midiatização. In: MORAES, D. (Org.). Sociedade Midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006.

SANTOS, Laymert. A informação após a virada cibernética. In: _______. (org.). Revolução tecnológica, internet e socialismo. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2003. p. 9-33.

SIBILIA, Paula. O show do eu: a intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. TSE atuou com celeridade no julgamento de processos sobre fake news durante as Eleições 2018. Disponível em: < http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Novembro/tse-atuou-com-celeridade-no-julgamento-de-processos-sobre-fake-news-durante-as-eleicoes-2018>. Acessado em: 17 out. 2018.

TRIVINHO, Eugênio. O mal-estar da teoria: a condição da crítica na sociedade tecnológica atual. Rio de Janeiro: Quartet, 2001.

VERNANT, Jean-Pierre. As origens do pensamento grego. Rio de Janeiro: Ed. Bertrand Brasil, 1992.

VOUSOUGHI, S.; ROY, D; ARAL,S. The Spread of True and False News Online. MIT Iniciative on the Digital Economy Research Brief, mar. 2018. Disponível em: < http://ide.mit.edu/sites/default/files/publications/2017%20IDE%20Research%20Brief%20False%20News.pdf>. Acesso em: 15 nov. 2018.

WOLF, Francis. Por trás do espetáculo: o poder das imagens. In: NOVAES, A.(org.) Muito além do espetáculo. São Paulo: SENAC São Paulo, 2005.

Publicado
2020-12-07
Como Citar
Themudo, T. S., & Almeida, F. C. de. (2020). Direito, cultura e sociedade em tempos de fake news. Revista De Direitos E Garantias Fundamentais, 21(3), 209-236. https://doi.org/10.18759/rdgf.v21i3.1653