Crítica do constitucionalismo e relações internacionais em “o senhor embaixador” de Érico Veríssimo

Gustavo Oliveira Vieira, Valéria Ribas do Nascimento

Resumo


O presente trabalho visa problematizar a relação interdisciplinar entre Direito e Literatura a partir do romance “O Senhor Embaixador” de Érico Veríssimo, com enfoque principal nas convergências com o constitucionalismo e as Relações Internacionais. O artigo é organizado em três partes, primeiro introduzindo o autor e obra, depois a abordagem do constitucionalismo e, na sequência, Relações Internacionais a partir do romance em destaque – expondo a relevância do trabalho para os dilemas jurídico-políticos da atualidade na América Latina. Quanto à perspectiva metodológica, é adequado o viés da fenomenologia, pois o Direito e as Relações Internacionais são eminentemente interpretativos, numa abordagem dialética.


Palavras-chave


Constitucionalismo. Relações Internacionais. Érico Veríssimo.

Texto completo:

PDF

Referências


BERTONI, Estêvão. O que faz o Embaixador nos EUA. E o caso Eduardo Bolsonaro. Disponível em . 12 jul. 2019.

BORDINI, Maria da Glória. A materialidade do sentido e o estatuto da obra literária em O senhor embaixador, de Erico Veríssimo. In: Zilberman, Regina et al. As pedras e o arco: fontes primárias, teoria e história da literatura. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2004.

CARBONELL, Miguel (ed). Neoconstitucionalismo(s). 2. ed. Madrid: Editorial Trotta, 2005.

CARBONELL, Miguel (Ed). Teoría del neoconstitucionalismo. Ensayos escogidos. Madrid: Editorial Trotta, 2007.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método I. Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo. Petrópolis: Vozes, 1988.

HERRERA FLORES, Joaquín. A (re)invenção dos Direitos Humanos. Florianópolis: Fundação Boiteux-IDHID, 2009.

HOHLFELDT, Antônio. Érico Veríssimo. 3. Ed. Coleção Esses Gaúchos. Porto Alegre: Amrigs, 1984.

LASSALLE, Ferdinand. A essência da constituição. Prefácio de Aurélio Wander Bastos. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora Lumen Juris, 2001.

NASCIMENTO, Valéria. O tempo das reconfigurações do constitucionalismo. Os desafios para uma cultura cosmopolita. São Paulo: LTr, 2011.

NASCIMENTO, Valéria; MENDONÇA, Fernanda. Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra: contribuição de Mia Couto para o direito na literatura. Anamorphosis – Revista Internacional e Literatura, v. 4, n. 1, janeiro-junho 2018, p. 279-297.

OST, François. Contar a lei. As fontes do imaginário jurídico. São Leopoldo: Ed. da Universidade do Rio dos Sinos, 2004.

OST, François. O tempo do direito. Tradução de Maria Fernanda Oliveira. Lisboa: Instituto Piaget, 1999.

SCHWARTZ, Germano. A Constituição, a Literatura e o Direito. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2006.

STRECK, Lenio Luiz. (Neo)constitucionalismo. In: ALVIM, Arruda Alvim; LEITE, George Salomão; STRECK, Lenio. Curso de Direito Constitucional. Florianópolis: Tirant lo Blanch, 2018.

STRECK, Lenio; VIEIRA, Gustavo Oliveira; GONZAGA, Sergius. O Senhor Embaixador. TVE/RS, “Direito & Literatura”. 64º programa. Disponível em: < https://vimeo.com/17802454>. Porto Alegre, 14 mar. 2010.

VERÍSSIMO, Érico. Caminhos Cruzados. São Paulo: Companhia de Bolso, 2016.

VERÍSSIMO, Érico. Incidente em Antares. 49. ed. Porto Alegre: Globo, 1997.

VERÍSSIMO, Érico. O Prisioneiro. Porto Alegre: Globo, 1978.

VERÍSSIMO, Érico. O Senhor Embaixador. Porto Alegre: Globo, 1971.

VERÍSSIMO, Érico. O Tempo e o Vento. O Continente I. 34. ed. São Paulo: Globo, 1997-a.

VERÍSSIMO, Érico. Solo de Clarineta: memórias. 2º vol. Porto Alegre: Globo, 1973-1976.

VIEIRA, Gustavo Oliveira. Constitucionalismo na Mundialização: desafios e perspectivas da Democracia e dos Direitos Humanos. Ijuí: Unijuí, 2015.

VIEIRA, Gustavo Oliveira. A Formação do Estado Democrático de Direito: o constitucionalismo na emergência da sociedade civil. Ijuí: Unijuí, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.18759/rdgf.v20i3.1787

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Direitos e Garantias Fundamentais

Licença Creative Commons
Revista de Direitos e Garantias Fundamentais http://www.fdv.br/sisbib/index.php/direitosegarantias está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.